Fermento Biológico Fresco ou Seco? Tire as suas dúvidas!


Algumas receitas pedem fermento biológico fresco, outras indicam o fermento biológico seco. Quais são as diferenças entre eles? Dá para trocar um pelo outro? Saiba as respostas dessas e de outras dúvidas na nossa matéria especial Fermento Biológico Seco ou Fresco? Tire as duas dúvidas!

Veja Também: 3 Tipos de Fermento Para Suas Massas Crescerem Mais
Veja Também: 24 Dicas de Confeitaria da Isamara Amâncio
Veja Também: 10 Dicas Para Bolos Perfeitos

fermento

FERMENTO BIOLÓGICO: O QUE É E COMO FUNCIONA

O fermento biológico é feito de micro-organismos vivos que fazem massas de pães, roscas, tortas e pizzas crescerem antes de irem ao forno, por isso é importante respeitar o tempo de descanso da receita. Existem dois tipos de fermento biológico:

  • O FERMENTO BIOLÓGICO SECO é granulado e vem em envelopes que podem ser conservados fora da geladeira. Por não ter umidade, seu processo de fermentação está hibernado e é ativado ao entrar em contato com a farinha e a água.
  • O FERMENTO BIOLÓGICO FRESCO: é vendido em pacotes ou tabletes e precisa ser mantido sob refrigeração. Deve ser dissolvido em açúcar e algum líquido morno para ser ativado.

QUAL A QUANTIDADE DE FERMENTO BIOLÓGICO FRESCO OU SECO DEVO UTILIZAR NA MINHA RECEITA?

Para fermentar 1kg de farinha de trigo, utilize 30g (2 tabletes) de fermento biológico fresco ou 10g (1 envelope) de fermento biológico seco.

POSSO TROCAR UM FERMENTO PELO OUTRO?

Sim. Basta observar as quantidades necessárias de fermento descritas na receita e fazer a equivalência: PARA CADA 30g DE FERMENTO BIOLÓGICO FRESCO você deve utilizar 10g DE FERMENTO BIOLÓGICO SECO.

ATENÇÃO! Não se esqueça de que o fermento biológico fresco só funciona se for misturado a açúcar e um líquido morno, então o primeiro passo da receita deve ser misturar esses 3 ingredientes. Depois você pode seguir a receita normalmente.

TRUQUE PARA SABER SE A MASSA CRESCEU E ESTÁ PRONTA PARA ASSAR

Coloque uma bolinha de massa dentro de um copo com água. Se a bolinha subir e ficar na superfície, ela está pronta passa assar.

Fonte: Revista Receita Minuto, Ano 3, no. 13, 2015.


Deixe um Comentário

Compartilhe com um amigo