Tartar de salmão do Ferrari

Tartar de salmão do Ferrari

Essa receita fácil de Tartar de salmão do Ferrari vai impressionar seus amigos e família! Siga passo a passo que não tem como errar

Tartar de salmão do Ferrari
Imprimir
Autor:
Tempo de preparo:
Tempo de Cozimento/Forno:
Tempo Total:
Porções: 5 porções
Ingredientes
  • Para o molho do enfeite:
  • 2 colheres (sopa) de molho de soja
  • 2 colheres (chá) de açúcar
  • 1 fio de saquê
  • 1 fio de vinagre branco
  • 2 colheres (sopa) de gergelim
  • Ramos de manjericão fresco
  • Para o tartar:
  • 1 kg de filé de salmão sem pele
  • 2 cebolas pequenas picadas, mas em pedaços não muito pequenos (dá um efeito mais crocante)
  • 2 colheres (chá) de salsinha bem picada
  • 2 colheres (sopa) de cebolinha picada
  • 2 colheres (sopa) de alcaparras bem picadas
  • 12 colheres (sopa) de azeite extra virgem
  • 2 colheres (chá) de molho de soja
  • 3 colheres (sopa) de mostarda amarela
  • Suco de 1 limão
  • 2 colheres (sopa) de conhaque
  • Sal a gosto
Como fazer
  1. Faça com antecedência o molho do enfeite:
  2. Misture bem os ingredientes e ferva em fogo bem baixo até engrossar, quase como uma calda de doce
  3. Leve à geladeira para esfriar
  4. Pode - se fazer quantidades maiores e conservar na geladeira por até 2 meses
  5. Tartar:
  6. Misture bem todos os ingredientes com o salmão, picado à faca em cubinhos pequenos
  7. Reserve por 15 minutos para absorver o tempero
  8. Misture novamente
  9. Coloque em formas médias (n° 3 de empadas ou como uma xícara de chá rasa) e vire sobre um prato
  10. Pingue gotas ou faça riscos ao redor do prato com o molho
  11. Espalhe um pouco do gergelim sobre o tartar e o prato
  12. Finalize espetando os raminhos de manjericão sobre o tartar
  13. Informações Adicionais
  14. Lembre-se: todo prato não cozido deve ter uma apresentação memorável. Sugestão: para o tartar com um sabor totalmente diferente, troque as alcaparras por gengibre ralado, fica surpreendente. Comentário: procurei aproximar o tempero tradicional do tartar com um sabor mais próximo dos sushis modernos, feitos pelos chefs sushimans, que encantam o nosso paladar. Totalmente inspirado e agradecido a Jun Sakamoto.

Fonte: Tudo Gostoso

Deixe um Comentário

Avalie esta receita:  

Compartilhe com um amigo