Colomba Pascal Tradicional

Colomba Pascal Tradicional

A deliciosa receita de Colomba Pascal Tradicional vai surpreender seus amigos e família. Siga nossas receitas passo a passo

Colomba Pascal Tradicional
Imprimir
Autor:
Tempo de preparo:
Tempo de Cozimento/Forno:
Tempo Total:
Porções: 1 porção
Ingredientes
  • 1 e ½ colher (sopa) de fermento seco ou
  • 45g de fermento fresco
  • ½ xícara (chá) de açúcar
  • 4 colheres (sopa) de margarina sem sal
  • 2 ovos
  • 800g farinha de trigo (aproximadamente)
  • 2 gemas
  • Raspas de laranja
  • 200ml de leite
  • 2 colheres (sobremesa) de essência para panetone
  • 250g de frutas cristalizadas ou gotas de chocolate
  • 250g de uvas passas (se você quiser diversificar)
  • 1 colher (sobremesa) de emulsificante para pães
  • Cobertura:
  • ½ xícara (chá) de açúcar
  • ½ xícara (chá) açúcar impalpável
  • ½ xícara (chá) de castanha de caju
  • 2 claras
  • Essência de amêndoa ou nozes
Como fazer
  1. Misture o fermento seco com uma parte da farinha e reserve
  2. Junte todos os ingredientes um por vez, sove delicadamente para homogeneizar os ingredientes até soltar das mãos
  3. A massa fica macia
  4. Faça bolas coloque em formas próprias para Colomba e deixe dobrar de volume
  5. Essa massa é mais demorada
  6. Misture os ingredientes da cobertura e regue toda a superfície da Colomba
  7. Jogue amêndoas em lascar por cima e leve para assar em forno moderado por aproximadamente 50 minutos ou até ficar dourada e firme
  8. Retire do forno, deixe esfriar e jogue açúcar de confeiteiro em cima
  9. Informações Adicionais
  10. Créditos: Confeitaria Romana Colomba Pascal: o doce com sabor de paz! Um pão especial em formato de uma pomba para simbolizar a paz, também considerado um símbolo cristão: as histórias criadas em torno desta delícia preparada tradicionalmente com frutas cítricas cristalizadas e até lascas de cascas de laranja contam que o formato simbólico da massa representa a proposta amenizadora das tensões militares da guerra entre as cidades de Pávia e Panônia, durante a década de 530, na Itália. De acordo com a lenda o rei de Pávia, Lombardo Alboíno, teria desistido da vingança contra a região combatente depois de receber este pão doce como um presente de paz de um confeiteiro da tal cidade. Para a cultura cristã a Colomba Pascal representa ainda a chegada do "Espírito Santo" (deidade que compõe a Santa Trindade dos preceitos cristãos). Entre tantos simbolismos, o sabor tradicional das Colombas Pascais também estão disponíveis nas Confeitarias Romana. "A massa precisa ser feita com muito cuidado, pois, sua receita leva mais ovos e leites do que outros pães similares, como, por exemplo, o Panetone", lembrou o gerente da Confeitaria de Barão Geraldo Wanderley Lima Zaramela. Para quem for preparar a receita em casa, o gerente explica que o "ponto de véu" é o grande segredo que confere maciez ao pão doce "A massa deve ser batida até adquirir uma consistência maleável, macia, mas firme o suficiente para esticá-la sem arrebentá-la. Para conseguir este ponto usamos às vezes a adição de pequenas quantidades de água enquanto a massa é sovada", contou. Um dos grandes diferenciais da massa da Colomba Pascal tradicional, em relação ao Panetone, está no sabor cítrico que é bastante evidenciado, pois, as Colombas têm mais cascas de laranja cristalizadas que atribuem ao pão doce um sabor único. "Além disso as Colombas Romana também são feitas artesanalmente com ingredientes frescos e previamente selecionados. Ainda possuímos alguns segredinhos gastronômicos durante o processo em que são assadas, mas estes não podemos contar, rs... quem quiser comprovar a qualidade desta delícia de Páscoa é só prová-las; nossas Colombas estão no mercado há mais de dez anos", completou o gerente. Agora também em Itatiba: Itatiba - Pabreu Mall Alameda Senador Paulo Abreu, 98 Loja 20 Fone: (11) 4534-1658 Barão Geraldo Rua Maria Tereza Dias da Silva, 790 Cambuí 24 Horas Rua Cel. Silva Telles, 463 Fone: (19) 3252 - 7000 D. Pedro Entrada das Águas Fone: (19) 3209 - 0171

Fonte: Tudo Gostoso

Deixe um Comentário

Avalie esta receita:  

Compartilhe com um amigo